Investidor Privado A semana que aí vem: BCE e Fed centram atenção dos investidores

A semana que aí vem: BCE e Fed centram atenção dos investidores

Os investidores vão estar atentos ao discurso de Mario Draghi e à publicação das minutas da Reserva Federal. Portugal vai testar o apetite do mercado com uma emissão de dívida.
A semana que aí vem: BCE e Fed centram atenção dos investidores
Bloomberg
Vera Ramalhete 14 de Fevereiro de 2016 às 20:00
Segunda, 15 de Fevereiro

Política Monetária: Mario Draghi presta contas no parlamento Europeu

O presidente do Banco Central Europeu (BCE) irá apresentar aos eurodeputados a sua avaliação dos desenvolvimentos económicos e monetários, esta segunda-feira, na Comissão de Assuntos Económicos e Monetários. Os investidores vão estar atentos às palavras de Mario Draghi sobre a inflação abaixo do esperado, os preços baixos do petróleo e a possibilidade de reforçar o programa de estímulos.

Mercados: Bolsas dos EUA encerradas devido ao feriado nacional

 

Os mercados accionistas e obrigacionistas dos EUA estão encerrados esta segunda-feira, devido ao feriado nacional, que comemora o aniversário de George Washington, o primeiro presidente dos EUA.


Terça, 16 de Fevereiro

Mercados: Confiança dos investidores alemães afunda em Fevereiro

O Centro Europeu para a Pesquisa Económica publica o índice ZEW, que mede as expectativas dos analistas e dos investidores, esta terça-feira. Em Fevereiro, o índice deverá ter caído de 10,2 pontos para zero pontos, na Alemanha, reflectindo a turbulência nos mercados, antecipa o painel de economistas consultados pela Bloomberg. Na sexta-feira, o Eurostat publica o índice de confiança dos consumidores europeus, também referente a Fevereiro.

 
Quarta, 17 de Fevereiro

Financiamento: Portugal emite dívida para angariar até mil milhões de euros

 

A agência que gere o crédito público, o IGCP, pretende angariar entre 750 milhões e mil milhões de euros, esta quarta-feira, através da emissão de Bilhetes do Tesouro a três e 11 meses. Esta é uma meta inferior àquela que tinha sido anunciada no início do ano, quando a agência liderada por Cristina Casalinho contava angariar entre mil e 1,25 mil milhões de euros nesta operação. O Estado testa, assim, o apetite do mercado numa altura em que a dívida portuguesa tem sido pressionada.

 

Política Monetária: Investidores atentos às minutas da reserva federal dos EUA

 

A Reserva Federal dos EUA (Fed) publica, esta quarta-feira, as minutas da reunião de política monetária de 26 e 27 de Janeiro. Os investidores vão estar atentos às palavras do Comité Federal de Mercado Aberto (FOMC, na sigla original), após Janet Yellen ter admitido que "as condições financeiras nos EUA são menos favoráveis ao crescimento". Na quinta-feira, será a vez de o BCE publicar os relatos da reunião de 21 de Janeiro.

 
Quinta, 18 de Fevereiro


Política Europeia: Conselho Europeu procura evitar a saída do Reino Unido

 

Os líderes políticos dos 27 Estados-membros da União Europeia (UE) reúnem-se em Bruxelas, esta quinta e sexta-feira. A permanência do Reino Unido na UE e a crise dos refugiados são os dois principais temas na agenda do Conselho Europeu.

 
Sexta, 19 de Fevereiro

Economia: Taxa de inflação nos EUA deverá ter recuado

 

Os EUA publicam a evolução do índice de preços no consumidor, em Janeiro, um indicador importante para a decisão da Fed sobre a subida dos juros. A taxa de inflação deverá ter recuado pelo segundo mês consecutivo, pressionada pela queda do preço dos combustíveis, antecipa a Bloomberg.




A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo 14.02.2016

Custa-me dize-lo:demos pouca importancia a crise de 2008,e ela empurrou-nos para uma rotonda sem saida.Ja estamos a ficar marados de tantas voltas que damos.

pub
pub
pub
pub