Matérias-Primas Governo faz estudo para saber potencial do lítio português

Governo faz estudo para saber potencial do lítio português

O Governo criou um grupo de trabalho para estudar as potencialidades do lítio em Portugal e se pode ser produzido lítio metal. A pensar nas baterias para os carros eléctricos.
Governo faz estudo para saber potencial do lítio português
Alexandra Machado 01 de dezembro de 2016 às 15:31

Identificar e caracterizar a existência de depósitos de lítio em Portugal e potenciais actividades económicas associadas ao seu aproveitamento levaram o Governo a criar um grupo de trabalho para este minério.

Em comunicado, o gabinete do secretário de Estado da Energia, Jorge Seguro Sanches, autor do despacho que cria o grupo de trabalho, aponta para uma data até 31 de Março do próximo ano a apresentação das conclusões deste grupo de trabalho.

O grupo é constituído num momento em que a australiana Dakota anunciou uma descoberta de grandes dimensões de lítio no Norte do país, tendo já assumido pretender começar a produção em dois anos, prazo que, como disse, "coincide com a abertura planeada de várias fábricas de baterias de ião-lítio na Europa e a conclusão da expansão de capacidade nas actuais fábricas". Não faz a referência directa à Tesla, mas esta construtora anunciou planos para instalar uma gigafábrica europeia de automóveis e baterias de iões de lítio.

O Governo de António Costa revelou que já se sentou à mesa com o fabricante norte-americano liderado por Elon Musk.

Agora, é a secretaria de estado da Energia a dar "gás" a este minério, dizendo que "a relevância dos minerais de lítio existente em Portugal é demonstrada pelo interesse crescente registado pelas empresas mineiras".

O estudo será coordenado pela subdirectora geral da Direcção-Geral de Energia e Geologia, Cristina Vieira Lourenço, estando representados o Laboratório Nacional de Energia e Geologia, a EDM – Empresa de Desenvolvimento Mineiro, a Associação Nacional da Indústria Extractiva e Transformadora e a Associação Portuguesa dos Industriais de Mármores e Granitos.

"O grupo de trabalho visa ainda avaliar a possibilidade de produção de lítio metal", concretiza o governo, explicando que os minerais de lítio extraídos em Portugal se destinam em exclusivo à indústria cerâmica, sendo utilizados como fundentes (para fundir) e baixar a factura energética.




Saber mais e Alertas
pub