Petróleo Morgan Stanley vê petróleo nos 85 dólares com Trump a limitar Irão

Morgan Stanley vê petróleo nos 85 dólares com Trump a limitar Irão

O banco de investimento estima que o preço do barril de Brent, negociado em Londres, chegue aos 85 dólares ainda este ano. A suportar as subidas estão as ameaças de Trump aos países importadores de petróleo iraniano.
Morgan Stanley vê petróleo nos 85 dólares com Trump a limitar Irão
Reuters
Negócios 04 de julho de 2018 às 13:17

O Morgan Stanley acaba de elevar a fasquia do preço do barril de Brent, e prevê que este chegue aos 85 dólares nos próximos seis meses, avança a CNBC. Isto representa um aumento de cerca de 7,5 dólares acima da cotação actual.

A revisão em alta das previsões do banco de investimento surge numa altura em que o presidente norte-americano, Donald Trump, ameaçou os países que importem petróleo iraniano de sanções.

Face às exigências de Trump, a produção no Irão poderá cair cerca de 1,1 milhões de barris por dia. A pesar no lado da oferta está também a redução da produção em Angola e na Líbia, que cairá mais do que o banco havia anteriormente previsto. Nestes países, a quebra será de 600.000 barris por dia durante o segundo semestre, estima o Morgan Stanley.

O petróleo está hoje a avançar 0,44% para os 78,10 dólares. É a segunda sessão no verde depois de um arranque de semana com pesadas perdas, de quase 3%. Na raiz do sentimento negativo estava também uma posição de Trump, que exigiu à Arábia Saudita um aumento de produção.




pub