Obrigações Nova emissão de obrigações de rendimento variável com juro mínimo de 1,1% lançada hoje

Nova emissão de obrigações de rendimento variável com juro mínimo de 1,1% lançada hoje

A Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública (IGCP) vai emitir, a partir de hoje, uma nova série de Obrigações do Tesouro de Rendimento Variável (OTRV), com um juro mínimo de 1,10%.
Nova emissão de obrigações de rendimento variável com juro mínimo de 1,1% lançada hoje
Pedro Elias
Lusa 15 de novembro de 2017 às 07:44

De acordo com a informação divulgada pela agência pública liderada por Cristina Casalinho na semana passada, as OTRV serão colocadas através de oferta pública de subscrição dirigida ao público em geral a decorrer entre hoje e 28 de Novembro, com um montante mínimo indicativo de 500 milhões de euros.

Este valor pode ser aumentado até à próxima terça-feira.

As obrigações são emitidas por um período de cinco anos, ocorrendo o reembolso do capital a 05 de Dezembro de 2022, o que dará aos seus titulares o direito a receber uma taxa de juro variável e igual à Euribor 6 meses acrescida de 1,10%, com uma taxa de juro mínima de 1,10%.

O pagamento dos juros será feito semestralmente, a 05 de Junho e em 05 de Dezembro de cada ano.

"As ordens de subscrição serão expressas em montante, sendo o mínimo de subscrição por investidor de 1.000,00 euros correspondente a uma OTRV, e o máximo de 1.000.000,00 euros correspondente a 1.000 OTRV, devendo as ordens ser transmitidas em múltiplos de 1.000,00 euros e subscritas junto de uma instituição de crédito", indicou o IGCP.

Esta é a sexta série de OTRV que o IGCP lança desde Abril de 2016, altura desde a qual tem vindo a baixar a taxa de juro mínima paga aos subscritores: começou em 2,2%, baixando sucessivamente até à série anunciada agora, que tem um juro mínimo de 1,1%.

À semelhança de outros instrumentos de retalho, a emissão das OTRV promove a aplicação da poupança de médio e longo prazo dos aforradores em títulos de dívida com características idênticas às Obrigações do Tesouro, embora com remuneração variável.




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub