Juro da dívida portuguesa a dois anos regressa aos 8%
08 Maio 2012, 09:50 por Jornal de Negócios Online | negocios@negocios.pt
4
Enviar por email
Reportar erro
0
"Yields" das obrigações portuguesas estão a recuar nos prazos mais curtos, anulando a subida verificada ontem.
Os juros que os investidores exigem para comprar dívida portuguesa estão hoje a recuar de forma intensa nas obrigações com maturidades mais reduzidas, corrigindo o movimento de inverso registado ontem.

A “yield” da dívida a dois anos recua 70 pontos base para 8,02%, regressando assim a níveis próximos de mínimos desde que Portugal pediu ajuda externa.

Ontem o juro da dívida com esta maturidade tinha avançado 74 pontos base, depois de sete sessões consecutivas a recuar.

Nos prazos inferiores a seis anos a tendência é também de descida, depois de ontem as “yields” terem subido, no rescaldo das eleições na França e na Grécia. Nos prazos mais longos a tendência continua a ser de alta na sessão de hoje, com a “yield” das obrigações a 10 anos a avançar 7 pontos base para 11,3%.

Apesar de persistir a incógnita sobre o próximo governo grego, a acalmia marca a negociação na dívida dos países periféricos europeus. O juro da dívida espanhola a dois anos sobe 3 pontos base para 3,29%, enquanto na maturidade a 10 anos está estável em 5,76%.

Em Itália, a “yield” das obrigações a dois anos desce 6 pontos base para 2,84%, enquanto na maturidade a 10 anos desce 1 ponto base para 5,39%.

4
Enviar por email
Reportar erro
0
pesquisaPor tags:
alertasPor palavra-chave: