A carregar o vídeo ...
António Costa comenta Orçamento do Estado
13.10.2017
O primeiro-ministro defendeu hoje que a proposta do Governo de Orçamento para 2018 será de continuidade, havendo um aumento do rendimento dos cidadãos, mas terá uma aposta forte na melhoria das condições de investimento das empresas.


A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo 13.10.2017

Estamos a ir precisamente na direcção oposta de todas as melhores práticas dos países civilizados, que para terem uma organização fiscal funcional e eficaz, simplifica a aplicação de impostos... nós optamos pela multiplicação dos impostos e das condições em que se aplicam. Por agora vamos aumentar o trabalho a todos (agentes económicos e estado) e obviamente a despesa ao autoridade tributária. No "fim do dia" nem sei se o saldo é positivo.
http://semtraste.blogspot.pt/2017/08/os-novos-radicais.html