A carregar o vídeo ...
António Costa: Contrato de subconcessão da Carris “devia ser investigado”
01.02.2017
O primeiro-ministro considera que o contrato com o grupo mexicano ADO para a subconcessão da Carris, entretanto anulado, é “um mistério”. “Espero que ninguém tenha de indemnizar o Estado por algumas despesas em que tenha de incorrer nessa matéria”, afirmou.


A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar