A carregar o vídeo ...
António Saraiva: 600 euros de salário mínimo em 2018 está fora de causa
19.11.2017
O presidente da Confederação Empresarial de Portugal rejeita a subida do salário mínimo para os 600 euros já em Janeiro de 2018. António Saraiva entende que esta reivindicação do PCP tem como pano de fundo "uma luta partidária com o Bloco de Esquerda".


A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Anónimo Há 3 semanas

Acho a melhor pergunta nestes casos é .
Vamos fazer um teste o Senhores recebem o ordenado minimo, tiram os descontos e vão viver 1 mês com esse dinheiro, não podem receber mais nada nem usufruirem do que têm.
De seguida vão trabalhar 1 mês mas só com o valor recebido e depois mostrem-me o que conseguiram fazer com esse ordenado e a muitivação que tiveram nesse mês para trabalhar.

comentários mais recentes
Anónimo Há 3 semanas

Acho a melhor pergunta nestes casos é .
Vamos fazer um teste o Senhores recebem o ordenado minimo, tiram os descontos e vão viver 1 mês com esse dinheiro, não podem receber mais nada nem usufruirem do que têm.
De seguida vão trabalhar 1 mês mas só com o valor recebido e depois mostrem-me o que conseguiram fazer com esse ordenado e a muitivação que tiveram nesse mês para trabalhar.