Centeno atribui pressão sobre dívida “em grande medida” a trabalho que ficou por fazer na banca
1
18.01.2017
O ministro das Finanças atribuiu a pressão existente sobre a dívida pública "em grande medida" ao facto de o anterior Governo não ter feito o devido trabalho no sistema financeiro português.


A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo Há 1 semana


TX JURO

No verão de 2015 tínhamos uma taxa de juros a 10 anos em 1,5%, hoje temos uma taxa a 10 anos em 4%.

Ah... já sei é culpa do Passos!

Esse malvado que não faz fretes à geringonça.