Gabriela Figueiredo Dias traça como prioridade: "protecção e recuperação da confiança dos investidores"
0
30.11.2016
As prioridades da nova administração serão além da "protecção e recuperação da confiança dos investidores, a promoção do acesso ao mercado pelos agentes económicos, a colaboração incondicional com os outros supervisores a nível nacional e internacional e, naturalmente, o robustecimento da capacidade de resposta da CMVM através da reavaliação dos seus modelos de governação interna e de supervisão", elencou Gabriela Figueiredo Dias.


A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar