Governo quer equilíbrio de género na gestão das empresas públicas e cotadas em bolsa
1
05.01.2017
O Governo aprovou hoje uma proposta de lei que visa uma representação equilibrada entre homens e mulheres nos órgãos de gestão das empresas do setor público e nas cotadas em bolsa, estabelecendo um limiar de 33,3% até 2020.


A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Jota Há 2 semanas

Parvoice. Também vai haver quotas para adeptos do Sporting, para ruivos, para pessoas que pesam mais do que 90 quilos e para gente feia? Sim, qual a percentagem de feios na gestão de empresas publicas? Pois, ninguem fala nisto, mas acho que devemos proteger todas as minorias...