A carregar o vídeo ...
João Carvalho: "Para termos um metro como desejaríamos tem de haver mais recursos financeiros"
10.12.2017
O presidente da AMT, regulador dos transportes, explica a inspecção que fez ao Metro de Lisboa que ainda está por cumprir todas as recomendações.


A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Carlos Gaivoto Há 1 semana

O planeamento e a organização de redes de TCSP devem ser precedidos dum "Transit Act" e "Planeamento Estratégico" e decisões de rede devem ajudar a diminuir os "hidden costs" da dispersão urbana (>60% nos orçamentos municipais) responsáveis pelo défice e a dívida em 30% - ver http://thecostofsprawl.