A carregar o vídeo ...
Ministério da Economia acompanha "com preocupação" situação na Autoeuropa
16.01.2018
O ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, afirmou hoje que está a acompanhar "com preocupação" a situação na fábrica da Autoeuropa e adiantou que vai continuar a trabalhar "no sentido de promover" um acordo entre as partes.


A sua opinião2
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
comentar
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentários mais recentes
Anónimo 16.01.2018

Se os alemães forem embora, vai ser nomeada uma comissão de trabalhadores chefiada pelo Arménio Carlos para assegurar todo o fabrico, garantir todos os postos de trabalho diretos e indiretos com o aval do estado . Só vai ser substituido o fabrico do T-ROC por outros carros (de linhas).

Anónimo 16.01.2018

Porque e` que a VW nao abandona a tal AE , vai montar os carros para outro pais, e deixa os grandes trabalhadores a montar carrosas para burros na AE.