A carregar o vídeo ...
Ministro admite falta de técnicos no INEM mas promete resolver até fim da legislatura
07.06.2017
O ministro da Saúde admitiu hoje que faltam entre 200 a 300 profissionais no INEM (Instituto Nacional de Emergência Médica), mas prevê que, até ao final da atual legislatura, o quadro de pessoal do Instituto fique estabilizado.


A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar