A carregar o vídeo ...
Negócios explica implicações da lista negra de offshores europeia
06.12.2017
Portugal tem uma lista nega de offshores quatro vezes maior do que a recém-anunciada pela União Europeia, mas, ainda assim, há cinco países novos, entre os quais Macau e Tunísia. A inclusão destes territórios na lista negra nacional constituiu um entrave às relações económicas com Portugal, que se fará de forma menos fluída e com mais encargos fiscais, como lhe explica Elisabete Miranda, redactora principal no Negócios.