A carregar o vídeo ...
Negócios explica o que está a preparar o Governo para os reformados estrangeiros
15.09.2017
Depois de ter visto a Finlândia a rever o seu acordo com Portugal, e de ter recebido um “puxão de orelhas” público da sua colega sueca, Mário Centeno prometeu rever os benefícios fiscais aos reformados estrangeiros. A solução para aplacar o descontentamento e, ao mesmo tempo, manter o regime, deverá passar pela imposição de um IRS mínimo, como lhe explica Elisabete Miranda, redactora principal no Negócios.


A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar