A carregar o vídeo ...
Os próximos trimestres "podem não ser tão esfuziantes" para o crescimento
09.10.2017
Luis Campos e Cunha diz que parte do crescimento se deve à recuperação do emprego e que devemos esperar um abrandamento nos próximos trimestres.