A carregar o vídeo ...
PCP exige medidas, Costa admite interligação e construção de novas barragens
06.12.2017
O secretário-geral do PCP exigiu hoje "medidas imediatas" do Governo e "apoios públicos excecionais" face à seca no país e o primeiro-ministro admitiu, a prazo, a possibilidade de interligação entre barragens e a construção de novas.


A sua opinião6
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
É URGENTE A BARRAGEM DO VALE DO CÔA Há 1 semana

1 - O dinheiro gasto pelo Estado ( por todos nós ) com as gravuras de Foz Côa revelou-se um verdadeiro ELEFANTE BRANCO, visto que, após uma guerra tão grande levada a cabo pelos ambientalistas para salvar as PINTURAS RUPESTRES, tudo aquilo está às moscas ou quase.
Entretanto, a actual

É URGENTE A BARRAGEM DO VALE DO CÔA Há 1 semana

2 - seca extrema, com todas as suas dramáticas consequências para as populações, veio levantar, de novo, a questão pertinente e urgente da construção da BARRGEM DO VALE DO CÔA.
Se bem virmos, a construção desta Barragem não será feita contra as PINTURAS RUPESTRES, uma vez que todas as

É URGENTE A BARRAGEM DO VALE DO CÔA Há 1 semana

3 - pinturas encontradas já estão devidamente salvaguardadas, em suporte digital, podendo ser vistas, por todos os que as quiserem admirar, sendo que, construída a Barragem, as referidas pinturas ficarão submersas e não se degradarão.
Por outro lado, as PINTURAS RUPESTRES não se podem sobrepor

É URGENTE A BARRAGEM DO VALE DO CÔA Há 1 semana

4 - aos interesses das populações, a fim de que, similarmente à bênção que é a BARRAGEM DO ALQUEVA, no Sul, seja construída, no profundo e enorme VALE DO CÔA, aquilo que se poderá chamar a ALQUEVA DO NORTE.
O fundamentalismo dos senhores ambientalistas tem de descer à terra e compreender

ver mais comentários