Infografias
Porque cresce tão pouco a economia portuguesa

11.05.2017


A sua opinião4
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado IS 13.05.2017

A pergunta a que Prof Mário Centeno terá de responder.

comentários mais recentes
Luis Bernardo 17.05.2017

Embora os últimos resultados sobre o crescimento sejam positivos eles devem-se, sobretudo, a razões conjunturais. Por isso, é necessário não deslumbrar e criar condições para que o crescimento da economia se torne mais depende das nossas condições próprias de competitividade e menos das exógenas.

???????? 15.05.2017

"Economia cresce ao ritmo mais rápido em dez anos" Esta gente está a falar do quê?

IS 13.05.2017

A pergunta a que Prof Mário Centeno terá de responder.

Anónimo 13.05.2017

Os nossos empresários são mal formados, desconhecem termos como associativismo, fusões, mercados organizados, financiamento no mercado de Capitais, Startups com 3 a 7 sócios, falta o caldo cultural para evoluírem e internacionalizarem-se...