A conclusão é da revista Forbes, que coloca o país à frente dos Estados Unidos e da Alemanha como o que tem melhores condições para o desenvolvimento da actividade das empresas.


A sua opinião2
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
beachboy Há 3 semanas

...claro!...
...sem leis, simples, clras, transparentes e justas!...
...nem organismos para supervisionar a aplicação dessas leis!...
...isto tem o ambiente ideal para fazer negócios!...
...mas apenas negócios ilegais!...
...negócios para fazer crescer a economia . só se for piada!...

Deuladeus Há 3 semanas

Claro! A pagarem 557 euros haveria de ser pior? A pergunta que eu faço é: porque foram todas as empresas para a China e não para Portugal? E para a Índia? Quanto mais pobre, mais sobe na Forbes como melhor para as empresas.