A carregar o vídeo ...
PSD acusa Costa de atingir défice à custa da saúde e educação, PM nega cativações nessas áreas
08.06.2017
O líder parlamentar do PSD, Luís Montenegro, acusou hoje o Governo de ter conseguido atingir o défice à custa de cortes na saúde e na educação, com o primeiro-ministro, António Costa, a sublinhar que não existiram cativações nessas áreas.


A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
É PRECISO NÃO TER UM PINGO DE VERGONHA NA FUÇA 08.06.2017

Como ?
Não percebi bem.
O despudor e a pouca vergonha assentaram, de vez, arraiais nas hostes desesperadas do PSD.
O líder a prazo do PSD q meta bem na mona q os Portugueses têm boa memória e recordam-se de quem tratou, especialmente, a SAÚDE e a EDUCAÇÃO, como não se via, desde o seu Estado Novo