A carregar o vídeo ...
Revisão da lei laboral tem de avançar, avisa líder da CGTP
28.01.2018
Arménio Carlos diz que a concertação está condicionada pelas confederações patronais.


A sua opinião2
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
comentar
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
mais votado saraiva14 28.01.2018

O Arménio quer rever a Lei Laboral! Passa a ser assim:: 2 dias de trabalho por semana, 5 dias de descanso!
Onze meses de férias por ano, um mês de trabalho! É preciso acabar com a exploração capitalista e 'instalar' a ditadura do proletariado!

comentários mais recentes
SIMOESbenfica 29.01.2018

Será que não haja nenhuma alma caridosa que arranje um trabalho para este fulano, Profissional das Greves e Manifestações a tempo inteiro, se ocupar durante o dia?

saraiva14 28.01.2018

O Arménio quer rever a Lei Laboral! Passa a ser assim:: 2 dias de trabalho por semana, 5 dias de descanso!
Onze meses de férias por ano, um mês de trabalho! É preciso acabar com a exploração capitalista e 'instalar' a ditadura do proletariado!