A carregar o vídeo ...
Rocha Andrade: “Não vejo razão para voltar atrás no IVA da restauração”
05.06.2017
Apesar de ainda não estarem prontos os estudos sobre o impacto económico e orçamental da descida do IVA da restauração, o Governo diz que os sinais são positivos, pelo que não há razões para voltar atrás. Já no caso das bebidas, pelo menos os refrigerantes manter-se-ão nos 23%.


A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar