A carregar o vídeo ...
Teodora Cardoso: Ao CFP não compete apenas analisar números
11.12.2016
Quanto às criticas do PS sobre a falta de independência do Conselho das Finanças Públicas, Teodora Cardoso considera que isso acontece porque nem sempre estão de acordo, com o que é apresentado e lembra que basta ler os estatutos para ficar a saber que ao Conselho não compete apenas analisar números, como foi dito na Assembleia da Republica.


A sua opinião3
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Fora de prazo e Inutil! 12.12.2016

Esta senhora ha muito que se deixou capturar e instrumentalizar politicamente. Passou a ser uma arma de arremeco ao servico de sectores ultra conservadores prestando assim um MAU servico ao Pais. Durante o tempo do PPD/Cds, anos de deboche a Direita, manteve-se....... calada!

Esta direitolas é intelectualmente desonesta 12.12.2016

Esta velha está escandalosamente a abastardar a sua função técnica para fazer um frete político á sua gente da direitalha radical e ultraliberal
Só não o vê quem não quiser
Esta atitude permanente mostra trata-se de uma pessoa sem carácter, que não reúne mínimas condições de isenção para o cargo

ESTA TIPA FAZ DO CFP UM ÓRGÃO DA OPOSIÇÃO 12.12.2016

Esta fulana direitolas está, vergonhosamente, a trocar uma análise, que deveria ser meramente técnica, séria e isenta, como a obriga a sua função, por um ataque politico, permanente e sistemático ao actual governo, pelo que, decididamente, não tem condições para prosseguir no seu lugar.