50.ª AGRO Personalidades distinguidas

Personalidades distinguidas

Parque de Exposições de Braga assistiu ao reconhecimento de quase uma dezena de pessoas
Personalidades distinguidas
Carlos Oliveira, presidente da InvestBraga

Foram nove as personalidades distinguidas na Gala 50.ª AGRO. Em baixo segue a apresentação individual e o respectivo mérito que tiveram na realização do evento. A saber:

 

 

Jorge Cruz

Administrador-delegado do Parque de Exposições de Braga, entre 1990 e 2009, foi, até hoje, o responsável pela organização de mais feiras AGRO. Foi ainda responsável pela entrada da AGRO na Eurasco (Federação Europeia de Entidades Organizadoras de Feiras de Agricultura).

 

 

Francisco Pires Gonçalves (homenagem a título póstumo)

Foi o primeiro responsável executivo do Parque de Exposições de Braga. Admirado pelo seu profissionalismo e empenho, morreu tragicamente ao serviço da empresa.

 

 

Joaquim Nunes Ribeiro da Cruz (homenagem a título póstumo)

Primeiro comissário-geral da AGRO, em 1968, altura em que esta integrava o Programa de Festas de São João.

 

 

Francisco Teixeira

Responsável pelo início dos Concursos de Raças Autóctones e peça fundamental na definição estratégica e programática da AGRO, Francisco Teixeira é um reputado técnico do sector agrário, na região, e exerceu cargo de dirigente na Direcção Regional de Agricultura de Entre Douro e Minho.

 

 

 

Adelino Portela

Economista, foi técnico superior da Direcção Regional de Agricultura de Entre Douro e Minho, desde a sua criação, tendo exercido cargos de chefia, entre os quais o de director regional. Trabalhou na área do desenvolvimento rural, em particular no movimento associativo e na sua consolidação socioeconómica. Tem colaborado intensamente na internacionalização da AGRO.

 

 

Carlos Duarte

Tem um vasto currículo de serviço público: como técnico superior do Ministério da Agricultura; director regional de Agricultura de Entre Douro e Minho; membro da Comissão Directiva do ON2/QREN; e como secretário de Estado da Agricultura. Ao longo do desempenho destas funções, contribuiu para o engrandecimento da AGRO e do sector primário de todo o Norte do país.

 

 

António Cea

Com 40 anos de serviço público na área da Agricultura, António Cea foi, entre outros cargos, director regional de Agricultura. Desde 1975, participa e colabora em múltiplas iniciativas promovidas pelo Ministério da Agricultura, no âmbito da AGRO.

 

 

Francisco Carvalho Guerra

Presidente da Comissão de Honra da AGRO, cujos contributo e reflexão muito têm contribuído para o enriquecimento temático deste certame. Professor universitário, Francisco Carvalho Guerra foi fundador e presidente do Instituto para o Desenvolvimento Agrário da Região Norte, é membro activo de muitas associações e cooperativas agrícolas e é, ainda, agricultor.

 

 

Comendador Francisco Marques

Figura ímpar da agricultura do concelho, é agricultor e destacou-se como dirigente e gestor de organizações cooperativas, de âmbito local e regional. Foi presidente da Cavagri, da Agros, da ABLN e da UCADESA, entre outras, e tem colaborado, desde sempre, na AGRO.