Advogados 2017 Sector da advocacia demonstrou grande dinamismo nos últimos 20 anos

Sector da advocacia demonstrou grande dinamismo nos últimos 20 anos

Área tem crescido através das grandes sociedades de advogados, nacionais e de origem estrangeira.
Sector da advocacia demonstrou grande dinamismo nos últimos 20 anos
Manuel Fontaine afirma que o sector da advocacia em Portugal tem estado muito activo nas duas últimas décadas e o principal motivo que está na base deste movimento são as grandes sociedades de advogados.

 

Para o director da Escola do Porto da Faculdade de Direito – Universidade Católica Portuguesa, o sector demonstrou "grande dinamismo nos últimos 20 anos", tendo crescido muito, "quantitativa e qualitativamente, designadamente através das grandes sociedades de advogados, nacionais e de origem estrangeira". O professor acrescenta que é preciso "saber encontrar novos mercados, não apenas na ligação ao estrangeiro mas, também e ainda, em Portugal, onde os serviços jurídicos são vistos como de último recurso pela maior parte da população, quando deveriam ser serviços tão básicos como os de saúde".

 

Sobre a possibilidade de os advogados generalistas virem a ficar sem mercado, perdendo o seu lugar para os especialistas, Manuel Fontaine diz que "essa é já uma realidade, que tenderá a aprofundar-se". Por isso, a faculdade oferece oito diferentes especialidades de mestrado: em Direito Privado, Criminal, da Empresa e dos Negócios, Internacional e Europeu, Fiscal, Administrativo, do Trabalho e em Direito e Gestão.

 

De qualquer forma, acredita que "não se esgotou o mercado para o advogado generalista". "Importa é que este consiga conquistar um lugar como ‘advogado de família’ e, deste modo, garantir a prestação de serviços jurídicos de base, num contexto de normalidade, a uma fatia cada vez maior da população", explica e continua: "Mas este advogado generalista não pode prescindir de uma formação também ao nível de mestrado, o que é possibilitado na nossa faculdade pela frequência do mestrado em Direito Geral."

 

Igualmente importante é os alunos terem consciência de que um curso de Direito não dá acesso apenas às profissões jurídicas clássicas, mas a muitas outras. A licenciatura em Direito "proporciona um conhecimento do mundo que faz dela uma formação que, além de um aprofundamento do conhecimento, possibilita ainda, e ao mesmo tempo, um alargar de horizontes".




pub