Caixa Empresas Linha Capitalizar já colocou mais de 70% do valor global

Linha Capitalizar já colocou mais de 70% do valor global

Em nove meses, um dos mais importantes instrumentos de crédito lançados pelo Governo já apoiou mais de 15 mil PME portuguesas. Até Outubro, a Caixa Geral de Depósitos respondeu por 31,50% das operações de financiamento.
Linha Capitalizar já colocou mais de 70% do valor global


Começa a aproximar-se a meta traçada pelo ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, de apoiar cerca de 20 mil Pequenas e Médias Empresas (PME) com os 1.600 milhões de euros da Linha Capitalizar. Os dados revelados em Outubro pela PME Investimentos, a sociedade financeira do sector empresarial do Estado, mostram que 17.608 operações de financiamento já recorreram aos instrumentos da Linha Capitalizar.

No período entre 2 de Fevereiro e 30 de Outubro deste ano, segundo dá conta a PME Investimentos, a Linha Capitalizar atingiu um montante de financiamento aprovado um pouco acima de 1.325 milhões de euros, correspondendo a uma taxa de utilização acima de 70% do seu valor global (1.600 milhões de euros).

Fazendo contas, apura-se que há ainda cerca de 275 milhões de euros para apoiar os agentes empresariais, enquadrados nos quatro eixos da Linha: Micro e Pequenas Empresas, Fundo de Maneio, Tesouraria e Investimento.

Desde a entrada em vigor, em Fevereiro, mais de 20 instituições financeiras aliaram-se à PME Investimentos, ao IAPMEI e ao Sistema Nacional de Garantia Mútua para mobilizar a Linha Capitalizar, que possibilita o acesso a financiamento em condições preferenciais às empresas. Isto é, beneficiando de garantias prestadas pelas sociedades de garantia mútua, entre 50 e 70%, a favor dos bancos; spreads de taxa de juro mais reduzidos e bonificação das comissões de garantia.

Caixa mantém liderança e posiciona oferta


No balanço relativo àquele período do ano, a Caixa obteve uma quota de 31,50% de financiamento contratado, o que na prática corresponde a um valor superior a 276 milhões de euros.

De acordo com fontes deste banco, os resultados - na aplicação da Linha Capitalizar - decorrem de uma estratégia de apoio ao tecido empresarial e às PME.

Na prática, este posicionamento reflete-se numa oferta para os empresários que inclui a Linha Capitalizar Micro e Pequenas Empresas, com a concessão de montantes máximos de 25 mil euros para as microempresas e de 50 mil euros para pequenas empresas; a Linha Fundo de Maneio, destinada preferencialmente a PME com volumes de venda até aos 150 milhões de euros; a Linha Plafond de Tesouraria e ainda a Linha Investimento, subdividida em Dotação Geral e Dotação para empresas com projetos aprovados no âmbito do programa Portugal 2020.




VEJA TODOS OS CONTEÚDOS Caixa Empresas.

PUB




pub