Corretoras de Seguros 2017 Mais do que parceiros

Mais do que parceiros

MDS é fundadora e accionista de outras corretoras. Tem peso no mercado mundial.
Mais do que parceiros

A MDS tem parcerias com as principais seguradoras a nível internacional. Todavia, não é apenas parceira, é também promotora de várias iniciativas internacionais independentes que permitem servir os seus clientes em todo o mundo.

"Somos fundadores e accionistas de referência da Brokerslink, o maior ‘broker’ independente do mundo e top 5 em termos globais, estando presente em cerca de 100 países. Somos também accionista e parceiro de referência da Ed, corretor independente no mercado ressegurador londrino", destaca Ricardo Pinto dos Santos, CEO da MDS Portugal, realçando de seguida: "Se tal não bastasse, a MDS acaba de ser aprovada como ‘broker’ do Lloyd’s, tornando-se na primeira empresa nacional e a única de todos os países de expressão portuguesa a poder exercer a actividade directamente junto do mais importante mercado de seguro e resseguro do mundo, em Londres."


Questionado sobre quais as principais tendências de evolução do sector segurador a nível internacional, responde que cada mercado tem as suas especificidades, apesar de existirem questões que são transversais.

Por um lado, "a implementação do regime Solvência II obriga a ajustamentos no sector, os quais têm provocado, por exemplo, o surgimento de várias operações de consolidação, com separação da banca e dos seguros e alienação de activos e operações locais". Por outro lado, a aposta na tecnologia é hoje inevitável "como forma de prestar um melhor serviço ao cliente e de melhorar os mecanismos de avaliação de risco e de controlo de gestão".


Por fim, continua o CEO da MDS Portugal, ao nível da actividade, enfrenta-se a emergência de novos riscos, que obrigam as companhias e os vários "players" do sector a liderar as "tendências" com o objectivo de proporcionar soluções para os seus clientes. "O ‘cyber risk’, os carros autónomos, as alterações climáticas, o terrorismo e os riscos geopolíticos são apenas alguns exemplos", recorda.

Atenta às tendências

Mas está a MDS a acompanhar e a introduzir essas tendências? "Naturalmente. Por um lado, temos vindo a reforçar a nossa operação com a aquisição de outras empresas em áreas complementares, como aconteceu recentemente com a empresa especializada em benefícios flexíveis FlexBen", afirma.

Ao nível da tecnologia, a MDS investiu no desenvolvimento de uma plataforma chamada Proximity, que facilita a gestão das apólices pelos nossos clientes.


Nos novos riscos, a empresa impulsiona a discussão destas temáticas e da busca de soluções para os seus clientes, como no "cyber risk", nos seguros ambientais, nas responsabilidades profissionais e não só.

A MDS está a lançar o tema dos seguros "paramétricos e a fomentar a discussão em torno dos veículos autónomos". Consegue-o por ter "especialistas de excelência" nas equipas e uma rede internacional de "elevado valor".




pub
pub
pub
pub