PME 2017 “Gestor de projecto lidera a criação do mundo novo”

“Gestor de projecto lidera a criação do mundo novo”

Importância do cargo faz crescer e cria sentido de existência da empresa. Executive Master em Gestão, com Especialização em Gestão de Programas e Projectos do INDEG-ISCTE dota participantes das ferramentas e competências necessárias à gestão de projectos.
“Gestor de projecto lidera a criação do mundo novo”

Leandro Pereira e Carlos Jerónimo, director e director executivo respectivamente do programa Gestão, com Especialização em Gestão de Programas e Projectos do INDEG-ISCTE, explicam que, hoje, as PME resistem e crescem através de projectos, tornando-se evidente que é necessária uma boa gestão dos mesmos. Empresários ou quadros superiores de empresas com responsabilidade nesta área procuram no INDEG-ISCTE as "skills" que lhes permitam aumentar a probabilidade de sucesso dos projectos.

 

 

Explique a importância da gestão de projectos para as empresas e a necessidade de dotar os profissionais de ferramentas para essas funções?

 

 

As empresas e os seus gestores vivem hoje, mais do que nunca, sobressaltados com o incógnito do amanhã. O horizonte estratégico, quando existe, é mais curto e dinâmico e a sobrevivência e o sucesso dependem cada vez mais da velocidade e capacidade de criar novas ofertas. Tudo se resume a serviços e produtos que, num mundo digital e informado, só serão percebidos se forem inovadores e percepcionados pelos clientes com um custo inferior ao valor absoluto a absorver. Empresas menos maduras tendem a apaziguar o medo da mudança contínua e inevitável com estratégias vigorosas, mas inconclusas e sem cientificidade, originárias em gestores estratégicos especializados que rabiscam, definem e propagam sonhos e objectivos grandiosos através de listas de "bullets" e apresentações sensacionais. Porém, a verdadeira estratégia, tal como a inovação, só é real após implementada e é através de projectos e dos profissionais que os gerem, de práticas reconhecidas internacionalmente, que se garante o verdadeiro "fazer acontecer", i.e., estratégia implementada. Perante dificuldades, obstáculos, estímulos, desafios técnicos e tecnológicos, o gestor de projecto lidera a criação do mundo novo. É uma função importantíssima, um cargo que faz crescer, que transforma e que cria sentido de existência da própria empresa.

 

 

De que forma este programa é importante para a correcta execução dos fundos do quadro de apoio Portugal 2020?

 

 

As empresas portuguesas receberam, até ao primeiro trimestre de 2017, cerca de €700 milhões do Portugal 2020, o que representa mais de 10.000 projectos que estão já em execução ou prestes a arrancar. Ganhar uma candidatura é meritório, mas de nada serve caso não se consiga a execução e a demonstração dos resultados do projecto em conteúdo e formato exigido, lições aprendidas por empresas no antigo QREN que tiveram de devolver parte dos incentivos devido a falhas de execução. O próprio IAPMEI, reconhecendo a importância das práticas de gestão de projecto, lançou recentemente um "Manual de Boas Práticas" com o objectivo de alertar os empresários para problemas que possam surgir ao executarem projectos apoiados no âmbito do Portugal 2020. Fruto desta necessidade, grande parte dos ex-participantes e actuais candidaturas que estamos a receber ao Executive Master em Gestão de Programas e Projectos do INDEG-ISCTE foram ou são de empresários ou quadros superiores de empresas que têm como responsabilidade a gestão de projectos e que vêm em busca de ferramentas e práticas que aumentam substancialmente a probabilidade de sucesso dos projectos.

 

 

Então o programa…

 

Neste sentido, o programa foi desenhado para ensinar, além da execução técnica de um cronograma ou técnicas contabilísticas e financeiras, matérias importantes, mas que isoladas representam muito pouco. Os participantes são desafiados continuamente através das várias unidades curriculares a garantirem que as decisões não são tomadas através de pressupostos, convertidos em actos de fé, sem qualquer base suportada de verificação, experimentação ou cientificidade. Temas como Gestão de Risco, Negociação e Gestão de Stakeholders, Gestão de Benefícios, Técnicas Avançadas de Monitorização e Controlo, são exploradas através de exemplos reais, o que permite aos participantes um aumento de humildade e músculo intelectual acima da média, ficando para trás dogmas, pressupostos, opiniões emocionais ou até a arrogância de não querer ver o básico ("eu ando por cá há muito tempo") e prevalece a lógica, o método indutivo/dedutivo e a força dos factos, do laboratório ou da inteligência de grupo.

 

 

Quais as vantagens de fazer a 11.ª edição do programa Executive Master em Gestão, com Especialização em Gestão de Programas e Projectos para as PME portuguesas?

 

 

Na actual conjuntura económico-financeira nacional e até europeia, algumas organizações atravessam dificuldades e em cenários de crise, erradamente, corta-se nas matérias de gestão. Se é através de projectos que as PME resistem e crescem no actual ambiente económico, torna-se evidente que é uma boa gestão destes mesmos projectos que assegura estes resultados. Ora a gestão de projecto não é uma ostentação empresarial, mas um bem essencial à subsistência da organização. Neste sentido, ao longo das várias edições, este programa tem dotado centenas de participantes das ferramentas e das competências necessárias à gestão de projectos, possibilitando a evolução do plano técnico para um patamar mais avançado e promovendo, simultaneamente, a articulação entre as competências instrumentais da gestão de projectos e os temas de liderança, gestão de equipas e negociação.

 

 

No que diz respeito aos métodos de aprendizagem…

 

 

Responder às necessidades das nossas empresas será sempre uma preocupação, o que está patente na utilização de métodos activos de aprendizagem direccionados para o saber-fazer. Temos docentes com experiência e contacto com a realidade empresarial e garantimos um alinhamento de acordo com as melhores práticas internacionais, presentes no "Project Management Body of Knowledge" do Project Management Institute. O programa permite ainda a preparação para a certificação PMP, através do desenvolvimento dos conhecimentos essenciais para o exame, conferindo aos participantes os créditos de formação necessários para efectuarem o exame de PMP.

 

 

 

De que forma este programa prepara os alunos para a certificação PMP?

 

 

A certificação PMP é, hoje, na ciência de gestão de projecto a mais referenciada e reconhecida internacionalmente, permitindo que vários profissionais consigam comprovar o seu conhecimento na área. Tal reconhecimento reflecte-se em exigência das imposições de experiência para a realização da candidatura e na preparação para o exame de 200 perguntas em quatro horas. Dada a exigência da certificação, esta começa a ser preparada desde o primeiro módulo do programa, mas é no último módulo de 20 horas que existe uma preparação exaustiva com exercícios direccionados, simulação de perguntas do exame e discussão das respostas, aumentando muito as possibilidades de aprovação. Os participantes podem ainda contar com assistência na preparação da candidatura ao exame.




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub