50.ª AGRO Startups apoiadas pela Startup Braga inovam nos sectores da agricultura e do agro-industrial

Startups apoiadas pela Startup Braga inovam nos sectores da agricultura e do agro-industrial

Startups
Startups apoiadas pela Startup Braga inovam nos sectores da agricultura e do agro-industrial

Fresh.Land Plataforma para comércio digital de frescos CEO: Mathilde Jakobsen, 30 anos

 

O projecto: Decidiu iniciar a Fresh.Land por verificar que "a cadeia de frescos é muito ineficiente, tanto para o consumidor como para o produtor. Para o consumidor, os produtos chegam passadas semanas ou meses depois de serem colhidos e são preservados artificialmente com produtos químicos. Para o produtor, existem poucas alternativas para a venda que não sejam os intermediários, sendo os preços para o produtor comparativamente baixos. Criámos o projecto por vermos que, colocando alguma tecnologia, podemos tornar o processo mais transparente, justo, e melhor para produtores e consumidores".

 

Quais as maiores dificuldades na obtenção de financiamento?

"No nosso caso, não procuramos ainda obter financiamento. Temos reinvestido o cash flow das operações no desenvolvimento do negócio".







Phosphorland, consultoria agrícola unipessoal lda

Empresa especializada no desenvolvimento de um software de gestão agrícola, Phorland, que permite gerir e integrar todo o tipo de sistemas de forma a ajudar o agricultor/empresário agrícola a aumentar a sua eficiência e rentabilidade/produtividade.

 

CEO: Raul Pinheiro, 33 anos

 

O projecto: Decidiu iniciar o projecto por considerar que o sector tem, actualmente, uma potencialidade de crescimento exponencial e que o mercado permite explorar este tipo de soluções, pois as da concorrência "são demasiado complicadas na usabilidade e as tecnologias antiquadas". A ideia passou, então, por desenvolver "um software que integrasse todas as diferentes tecnologias (sensores, estações meteorológicas, máquinas, cartas NDVI, cercas virtuais, etc.), num só local, para se ter a gestão na ponta do dedo e não em diferentes plataformas".





 




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub
Saber mais e Alertas
pub
pub
pub