É Para Exportar Esmaltina exporta 60% das vendas

Esmaltina exporta 60% das vendas

O maior fabricante de bicicletas portuguesas já exportou mais de 3 milhões de bicicletas.
Esmaltina exporta 60% das vendas

A Esmaltina é a maior empresa de bicicletas portuguesa e uma das cinco maiores da Europa, em volume de produção. Fundada em 1970, a Esmaltina fabrica vários modelos para adultos e crianças e já exportou mais de 3 milhões de bicicletas para a Europa e África.

 

Os principais mercados internacionais são Espanha, França e Inglaterra. A empresa vende para o grande retalho e distribuição. As bicicletas são desenvolvidas em parceria com os clientes e cerca de 90% da produção destina-se a marca branca. Uma relação de parceria exigente que implica acompanhar as tendências de mercado, responder à procura e produzir a um preço competitivo.

 

Os factores críticos de sucesso incluem a capacidade de desenvolvimento em parceria como cliente e a capacidade de produção e armazenagem para responder em tempo útil, sendo o maior desafio produzir bicicletas diferentes para cada cliente. Uma estratégia que assenta numa oferta diversificada.

 

A gama de bicicletas da Esmaltina começa por rodas de 12 polegadas para uma criança de 3 anos até rodas de 29 polegadas para adultos, e inclui modelos para utilização desportiva e radical, como as bicicletas de montanha, dobráveis, ‘fat bikes’ e ‘beach cruiser’, e modelos para passeio.

 

A ‘fatbike’ é uma bicicleta com pneu largo que permite circular na neve e na areia. A bicicleta citadina é a preferida dos países do Norte e Centro da Europa. Regiões planas onde o uso da bicicleta é há muito generalizado por consumidores receptivos a inovações.

 

O investimento na leveza e resistência de materiais, assim como, a introdução de melhores condições de segurança nos travões, reflectores e pneus são muito valorizados por esses mercados. A Esmaltina está focada nos mercados do Centro e Norte da Europa, como a zona do Benelux e os países nórdicos.

 

Uma das novas apostas recai na produção de bicicletas eléctricas mais acessíveis para vender em todos os países, especialmente aqueles onde existe maior tradição em fazer o trajecto casa/trabalho de bicicleta. Actualmente, a bicicleta mais vendida é a de montanha, quer nos países do Sul da Europa, quer em África.

 

Objectivo aumentar as vendas na Europa


Até 2018, o objectivo da empresa é aumentar as vendas para Inglaterra, França e Alemanha. Para isso, a Esmaltina investiu no aumento da capacidade de produção recentemente. A capacidade instalada passou de 200 mil para 400 mil bicicletas. Um volume de produção que tornou a Esmaltina numa das cinco maiores empresas europeias.

 

Quanto aos objectivos no médio prazo, a empresa pretende estar presente em mais feiras internacionais do sector e conquistar novos mercados, como os países nórdicos e a Alemanha.



Perguntas a…. Paulo Lemos, administrador

"Imagino um futuro próspero"

Qual a razão do sucesso?
A flexibilidade da produção atraiu várias marcas. O requisito mais importante para a grande distribuição é repor rapidamente o stock.

Quais os exemplos de adaptação?
Posso referir a utilização de materiais anticorrosivos e mais resistentes para os países do Centro e Norte da Europa e a norma francesa que obriga a equipar as bicicletas com luzes à frente e atrás.

Que diversidade de cores?
As bicicletas de passeio femininas incluem cores alegres, como o salmão, o verde e o bege. As bicicletas de montanha têm cores mais vivas, como o amarelo fluorescente. O segmento profissional tem cores mais fechadas, como o negro mate e o vermelho escuro.

Como imagina o futuro?
Muito próspero. As preocupações ambientais e a consequente limitação do uso do automóvel potenciam a utilização de meios de locomoção como a bicicleta.


BI da empresa

Nome e fundação: Esmaltina, 1970
Localização: Sangalhos
Produto: Bicicletas e acessórios
Vendas (2016): 10 milhões de euros
N.º de trabalhadores: 60
Exportação: 60% das vendas
Principais mercados: Espanha, França e Inglaterra