Empresas Gazela 2018 Da tradição à inovação

Da tradição à inovação

TrendBurel recuperou a lã. Burel fixou-se na moda, decoração de interiores, projectos de arquitectura ou soluções de revestimento.
Da tradição à inovação

A TrendBurel tem por missão dar vida a um património industrial único, passar o conhecimento ancestral às novas gerações e valorizar um dos produtos endógenos mais ricos da serra da Estrela – a lã. Esta empresa de Manteigas revitalizou a Lanifícios Império, empresa que falira, bem como o burel, esquecido pelo tempo, "para o dar a conhecer ao mundo através das formas tridimensionais e funcionais, da cor e do design", afirmam Isabel Costa e João Tomás, fundadores e proprietários da agora Burel Mountain Originals. Uma "micromarca global que liga os fios da lã, urdidos e tecidos na Burel Factory – a fábrica –, a Lisboa e ao Porto e aos mais de 700 clientes espalhados pelo mundo".

 

A Burel e o burel estão presentes nos segmentos da moda, decoração de interiores, projectos de arquitectura e design de interiores, com soluções de revestimentos e Pontos 3D feitos à mão com múltiplas funcionalidades. "Nascemos e vivemos como microempresa, mas crescemos a passos de gazela, bem acima das nossas expectativas... com total sentido de missão."

 

Os responsáveis falam numa empresa "vertical", que agrega e controla várias operações, sendo a mais importante a indústria dos lanifícios – cardação, fiação, urdissagem, tecelagem, comercializando e distribuindo toda a variedade de tecidos de lã. Produzem também as próprias peças de moda e acessórios, garantindo a confecção e a produção dos painéis bordados, desde a concepção até às instalações e aplicação dos mesmos.

 

O que diferencia a organização da concorrência é a "inovação permanente, no produto e na funcionalidade". "O design, a provocação e a relação com todas as áreas da criatividade. A paixão da equipa pelo projecto. O sonho de construirmos para as futuras gerações algo único para a região e para o país." Isto numa empresa que já reveste "a Microsoft, a Nokia, a Uber, a Deloitte, a Everis, a OLX" e não só.

 

A TrendBurel emprega 52 pessoas, 32 na região Centro, de onde também são os principais fornecedores. Assim, promove-se "o mais possível o desenvolvimento económico local e do interior do país de uma forma directa e indirecta".




Saber mais e Alertas
pub