Formação de Executivos 2017 Área digital e gestão dão cartas

Área digital e gestão dão cartas

Ofertas de programas diferem, mas há sempre procura
Área digital e gestão dão cartas

As diferentes escolas estão hoje cada vez mais atentas ao mercado e ao que as empresas precisam para fazer frente a esse mesmo mercado. Os cursos são criados consoante as necessidades e quisemos saber quais os programas mais procurados na Católica-Lisbon dentro da formação de executivos. Luís Cardoso responde que no geral todos apresentam "uma procura muito elevada". Contudo, os que estão "voltados para a dimensão digital têm tido uma procura gritante nos últimos anos". Por isso, a escola tem-se posicionado "pioneiramente" nestas áreas, sendo um "vector estratégico determinante". Essa procura reflecte o que "as empresas estão a viver e o que precisam", assinala o responsável.

 

Apesar do sucesso dos programas na área do digital, é igualmente verdade que, dependendo da área de formação dos participantes, muitos outros cursos "têm visto um aumento de procura". "Temos profissionais com formação de base nas áreas da engenharia, finanças e contabilidade, portanto, as questões de negociação e liderança são absolutamente indispensáveis; estes programas conseguem esgotar todas as edições. Por sua vez, temos programas para sectores de actividades específicos, como é o caso da saúde, farmacêutica, transportes, turismo ou distribuição, que têm grande procura e são sempre bem-sucedidos", afiança.

 

 

Gestão em força

 

Em relação à Católica Porto Business School, os programas de formação aberta, os cursos generalistas de gestão, como o caso dos MBA, do Curso Geral de Gestão e o Programa Intensivo de Gestão, são "sistematicamente alvo de maior procura", diz Ana Côrte-Real. "Esta procura reflecte a necessidade de os profissionais, independentemente da sua área de formação e função desempenhada, sentirem que precisam de ter competências de gestão", explica a docente.

 

Esta tendência provoca, também, um incremento das pós-graduações sectoriais, conta, destacando a crescente procura da pós-graduação de Gestão na Saúde. Em termos de formação especializada "predomina a procura na área de capital humano e liderança, finanças e marketing".

 

Questionado sobre quais os programas mais procurados no INDEG-ISCTE dentro da formação executiva, Paulo Bento responde que "nos últimos anos acentuou-se a procura de programas na área da gestão geral".




pub