Formação de Executivos 2017 Na "mira" do Financial Times

Na "mira" do Financial Times

Católica-Lisbon volta a estar no “ranking” dos melhores.
Na "mira" do Financial Times

O Financial Times (FT) voltou a confirmar, em Dezembro do ano passado, que a Católica-Lisbon é a escola de negócios líder em Portugal. A formação de executivos da Católica-Lisbon celebra este ano "os seus 25 anos!", e esta distinção é um excelente presente para uma instituição que durante este tempo tem mantido "uma posição sólida na liderança da formação em Portugal", recorda Luís Cardoso, director da Católica-Lisbon – Executive Education.Criada em 1972, a Católica-Lisbon é actualmente classificada "entre as melhores ‘business schools’ da Europa, sendo a melhor escola portuguesa de acordo com o ‘ranking’ do FT, que elege as melhores da Europa e do mundo". No que diz respeito à formação de executivos, esta é, hoje, reconhecida nacional e internacionalmente como "uma das 40 melhores business schools do mundo, sendo a melhor escola portuguesa, e uma das 20 melhores da Europa, de acordo com o ‘ranking’ do FT", salienta Luís Cardoso.

 

 

Estes resultados são possíveis devido a "uma cultura de rigor, profissionalismo, inovação e orientação para o cliente", suportada num corpo docente de "excelência com professores nacionais e estrangeiros das mais prestigiadas universidades do mundo".

 

 

Entre os critérios que contribuem para este resultado, prossegue o professor, destaca-se também "a aposta na internacionalização", que se traduz numa posição de "liderança em Portugal" ao nível da diversidade de geografias envolvidas, número de programas e participantes internacionais e também parcerias estabelecidas com escolas internacionais de referência como a Kellogg School of Management, MIT, Carnegie Mellon University, Bocconi University, Fundação Dom Cabral ou a Hong Kong University of Science and Technology (HKUST).

 

Crescem os programas intraempresa/customizados

 

 

Luís Cardoso aponta, precisamente, os "rankings" do FT para ilustrar a crescente relevância da formação de executivos da CATÓLICA-LISBON. No ano passado, os cursos desenvolvidos a pedido de empresas subiram "dez posições". "Muitas empresas percebem que a formação em grupo é essencial para fomentar as relações internas, mas também para aumentar os momentos de ‘brainstorming’ e partilha de opiniões e experiências empresariais comuns", esclarece.

 

 

A oferta intraempresa constitui uma "experiência única" de formação que resulta de um trabalho de parceria entre a equipa da Católica -Lisbon e os dirigentes da organização cliente. Pode decorrer no campus da Universidade Católica Portuguesa, no centro de Lisboa, ou em qualquer outro local em Portugal ou no estrangeiro. "O cliente escolhe", assegura o responsável, explicando que "flexibilidade e customização são as palavras de ordem", pois cada solução é ajustada à realidade da empresa, ao perfil dos participantes e do sector. A faculdade, diz, tem forte presença em diferentes áreas de intervenção, como estratégia, gestão geral, transformação digital, gestão da mudança, economia, finanças, marketing & gestão comercial, gestão de projectos & operações, liderança & comportamento organizacional, empreendedorismo & inovação.