Formação de Executivos 2017 Parceiros de peso

Parceiros de peso

Internacionalização das universidades
Parceiros de peso

As parcerias estratégicas são fundamentais para a internacionalização das universidades. Como a visão do INDEG-ISCTE aponta para a CPLP, Paulo Bento destaca projectos com "as brasileiras FGV e FDC, com a angolana Agostinho Neto, e em Moçambique a aquisição em 2014 de uma participação da Transcom, sociedade instituidora do ISUTC e da ENAM."

 

A Católica-Lisbon destaca a importância do seu papel na formação dos quadros das empresas e mantém como uma das prioridades dar resposta às necessidades de mercado, tanto em "executive masters", em programas de inscrição aberta, como customizados. O reforço das parcerias com escolas internacionais é decisivo. "Continuamos a aprofundar uma parceria da maior importância iniciada em 2010, com a Kellogg School of Management, a prestigiada escola de Chicago (…). Temos uma parceria com a CKGSB- Cheung Kong Graduate School of Business, China, e com a University of Stellenbosch Business School, África do Sul", conta Luís Cardoso, director da Católica-Lisbon – Executive Education.

 

A Católica Porto Business School tem parcerias internacionais estabelecidas em dois caminhos paralelos: um assente na Católica Business School Alliance; e outro na selecção de escolas de referência e que reforcem a actuação junto das PME. Católica Luanda Business School, PUC Rio-IAG Escola de Negócios, Universidade Católica de Pernambuco, Universidade Católica de Moçambique e a Universidade de São José, em Macau, fazem parte do primeiro projecto que visa "construir uma rede global de escolas de negócios que se torne uma referência para a educação de executivos no mundo da língua portuguesa", explica Ana Côrte-Real. Já as parcerias com a ESADE Business School e com a Lancaster University Management traduzem-se pela oferta conjunta do curso Leading to Grow, dirigido a PME e a empresas familiares.




pub