Gestão e Recuperação de Créditos Recuperar dívidas por via amigável

Recuperar dívidas por via amigável

A Servesco garante capacidade de gestão, confidencialidade, respeito pela lei e uma equipa profissional a lidar com cada ocorrência.
Recuperar dívidas por via amigável

A Servesco iniciou a sua actividade em Portugal em 2007, embora tenha origem na Esco Expansión SL, empresa familiar espanhola fundada em 1968 pelo actual presidente, Manuel Santín Gómez. São quase 50 anos de experiência no sector de gestão e recuperação de créditos de uma empresa familiar, com um único proprietário, e que oferece o serviço de cobrança de créditos a entidades financeiras e grandes empresas.


"A Servesco tem uma missão, que é oferecer um serviço integral em recuperação de dívidas na via amigável. Para isso, oferece uma ampla capacidade de gestão, máxima confidencialidade, o estrito respeito da lei, discrição, uma equipa altamente profissional e profundo conhecimento dos métodos e sistemas aplicáveis a cada actuação. Somos também uma empresa com certificação de qualidade", explica Alexandrina Freitas, directora da Servesco – Serviços Esco-Expansión Portugal, Lda., acrescentando: "Por outro lado, a Servesco não compra carteiras, dedicando-se única e exclusivamente aos serviços que lhe são confiados pelos seus clientes."

 

A empresa dedica-se à gestão de cobranças "numa via amigável e através de ‘contact center’", fazendo a gestão de créditos "em diferentes fases de cobrança", desde o aviso de vencimento de quotas ou facturas, situações irregulares, até à fase dos denominados falidos, de todos os tipos de produtos que possam estar na origem da dívida: cartões de crédito, contas a descoberto, créditos pessoais, créditos ao consumo, "leasings", facturas, entre outros. Alexandrina Freitas diz que as organizações que recorrem aos serviços da empresa são sobretudo "bancos, financeiras e grandes empresas, que privilegiam o ‘outsourcing’ especializado".

 

Balanço positivo

 

 

O balanço que a empresa faz destes anos em Portugal é "muito positivo". A directora da Servesco – Serviços Esco-Expansión Portugal, Lda. recorda que a empresa surgiu no país num período muito complicado, pois foi "no início da crise e, ao contrário do que se pensa, a crise não é nada favorável ao sector". "No entanto, a direcção do grupo sempre apostou no mercado nacional e os nossos clientes também sempre apostaram e confiaram no nosso trabalho", assegura.

 

O resultado dessa confiança na empresa está à vista, destaca. "No ano passado, alcançámos a distinção de PME Líder 2016 e, mais recentemente, fomos distinguidos como PME Excelência 2016. Como é evidente, foi com enorme satisfação e orgulho que toda a equipa recebeu esta distinção, pois é nada mais nada menos do que um reconhecimento de mérito do nosso trabalho e o contributo gerado para a economia nacional", salienta.

 

Os desafios para o futuro

 

 

O maior desafio da Servesco é manter-se como uma empresa de "referência e de excelência" naquilo que faz. "Isso, sim, é um enorme desafio. E claro está, seguir a mesma linha de trabalho proporcionando aos nossos clientes um serviço de qualidade, assente nos mais prestigiados valores tais como a ética, o compromisso, o profissionalismo e a integridade", afirma.