Inovação e Produtividade Comissão Europeia lança programa piloto para apoiar inovação no valor de 200 milhões

Comissão Europeia lança programa piloto para apoiar inovação no valor de 200 milhões

Bruxelas lançou esta sexta-feira uma iniciativa piloto, o programa acelerado de inovação, para “promover a inovação, reduzindo o tempo necessário para introduzir ideias inovadoras no mercado”. Programa conta com 200 milhões de euros.
Comissão Europeia lança programa piloto para apoiar inovação no valor de 200 milhões
Reuters

A Comissão Europa lançou uma nova iniciativa para apoiar a inovação. Bruxelas, de acordo com a informação disponibilizada pela própria CE à imprensa esta sexta-feira, 9 de Janeiro, lançou uma iniciativa piloto, chamada de processo acelerado de inovação (PAI). O objectivo é "promover a inovação, reduzindo o tempo necessário para introduzir ideias inovadoras no mercado". Esta iniciativa conta com uma dotação no valor de 200 milhões de euros.

 

"Durante os próximos dois anos, a iniciativa piloto estará aberta a todo o tipo de participantes, em especial provenientes da indústria, estimulando ao mesmo tempo os primeiros pedidos da indústria e das pequenas e médias empresas (PME) ao abrigo do Horizonte 2020, o programa de financiamento da investigação e inovação da UE. Os projectos financiados ao abrigo do projecto piloto devem ser liderados por empresas, por forma a garantir que as ideias inovadoras promissoras sejam exploradas de forma mais rápida", revela o comunicado da Comissão Europeia.

 

Este programa vai ser executado no período de 2015-2016 "como uma nova iniciativa no âmbito do programa-quadro Horizonte 2020". 

 

Comissão Europeia apoia 117 PME inovadoras

 

Também esta sexta-feira, Bruxelas anunciou, num outro comunicado, que mais de "275 pequenas e médias empresas (PME) inovadoras estão em vias de receber um total de 117 milhões de euros em novas subvenções a partir do programa Horizonte 2020, o programa de financiamento da investigação e inovação da UE".

 

O comunicado enviado às redacções aponta ainda que o financiamento a estas empresas representa "os mais recentes resultados de convites à apresentação de propostas ao abrigo do novo instrumento para as PME de três mil milhões, lançado no âmbito do Programa-Quadro Horizonte 2020, a fim de ajudar as pequenas empresas inovadoras a levar as ideias do laboratório para o mercado, contribuindo para gerar crescimento e emprego para a Europa".

 

"Este novo financiamento aumenta para 125 milhões de euros o montante total do instrumento para as PME até agora destinado a empresas inovadoras".

 




pub