Mestrados e Pós-graduações 2018 Sociedade espera cada vez mais do ensino superior

Sociedade espera cada vez mais do ensino superior

Faculdade de Economia da Universidade do Porto está atenta às expectativas de estudantes e empregadores, às novidades no domínio da economia e da gestão e muito mais.
Sociedade espera cada vez mais do ensino superior

Preparar os estudantes para a realidade do mercado laboral dos nossos dias tem de ser o objectivo do ensino superior. Por isso, é necessário que sejam lançados mestrados, preparando os alunos para um mercado de trabalho nacional e internacional sempre em evolução. A Faculdade de Economia da Universidade do Porto (FEP) sabe-o e trabalha nesse sentido. Para José Varejão, director da FEP, as expectativas da sociedade, assim como as dos empregadores e dos jovens, estão a mudar, desafiando permanentemente instituições como a qual é director a dar-lhes respostas. "A sociedade espera cada vez mais que o ensino superior forme profissionais com sólidos conhecimentos teóricos, preparados para o exercício responsável da sua profissão mas, também, para aprender ao longo da vida. Espera que as instituições de ensino superior, especialmente as públicas, produzam impacto e gerem valor económico, mas, sobretudo, que prossigam objectivos de desenvolvimento sustentável e ajudem a construir uma sociedade melhor."

 

Os jovens, como ficou demonstrado num inquérito recente realizado pela AIESEC internacional, esperam que "as escolas de economia e gestão os preparem para promover a mudança e ter impacto no seu meio". Que lhes ofereçam a possibilidade de aprendizagem em "contexto real". Que os preparem para desenvolver redes, parcerias e outras formas de trabalho em cooperação e lhes proporcionem a oportunidade de desenvolver um "espírito global".

 

Para a FEP, diz José Varejão, a mudança de expectativas quanto ao papel do ensino superior, em geral, e das escolas de economia e gestão, em particular, é uma oportunidade. Porque a comunicação próxima que a FEP mantém com os empregadores e os seus Alumni permite um observatório privilegiado dessas mudanças e uma rede de parceiros essenciais para responder aos desafios. E porque a FEP antecipou há muito esta mudança, o que lhe permite encarar estes desafios com confiança. Incluem-se aqui as oportunidades de realização de estágios curriculares - nos mestrados - e extracurriculares e todo o trabalho desenvolvido pela Academia de Competências.

 

"Isto é, a FEP está atenta quer à mudança de expectativas de estudantes e empregadores, quer ao desenvolvimento de novas áreas de formação no domínio da economia e da gestão, quer ainda às oportunidades de inovação pedagógica, e avalia periodicamente os seus cursos e respectivos conteúdos e métodos. Mas não lança todos os anos novos mestrados porque a qualidade da formação e a percepção externa da oferta formativa não são compatíveis com a volatilidade que tal originaria."