Mobilidade Eléctrica 2018 Como tornar o carro eléctrico mais apelativo

Como tornar o carro eléctrico mais apelativo

Baixar o preço e aumentar a autonomia das baterias levará as pessoas a comprarem mais veículos amigos do ambiente.
Como tornar o carro eléctrico mais apelativo

Para se comprarem mais carros eléctricos, contribuindo para a mobilidade inteligente, há que torná-los "mais baratos e dotá-los de maior autonomia", explica João Peças Lopes. Para aumentar a autonomia têm de se encontrar novas soluções tecnológicas no domínio das baterias, como está a ocorrer.

 

Já Henrique Sánchez afirma que "avontade política" tornará os carros eléctricos mais apetecíveis. Tudo o resto - mais autonomia, materiais mais leves ou design mais atractivo - vem por acréscimo, porque "os VE já são imbatíveis". Seja na eficiência, rapidez, fiabilidade, facilidade de conduzir e economia.

 

A realidade das marcas

 

Nuno Serra, director de marketing da Volkswagen, diz que "o grupo VW está a investir fortemente no campo da mobilidade eléctrica, trabalhando para obter baterias com maior autonomia e menor custo de produção e por isso de venda". Este investimento, diz, é para democratizar o veículo eléctrico, assumindo a marca o desejo de "liderar o mercado neste campo". Nesse sentido, está em marcha uma forte ofensiva de produto com soluções eléctricas em todos os segmentos, "já a partir de 2020".

 

O grupo está também a investir em infra-estruturas (redes) de carregamento rápido. Além de desenvolver cada vez mais funcionalidades proporcionadas por uma crescente conectividade das viaturas, que é um factor crítico de sucesso à mobilidade. "No caso da Volkswagen esta conectividade, através da funcionalidade CarNet, permitirá a tal mudança de paradigma em que a marca se posicionará como um forte fornecedor de serviços." Ao mesmo tempo, prossegue, a Volkswagen tem assinalado presença "nos mais diversos fóruns com as autoridades" no sentido de trabalhar o tema da mobilidade e em particular da mobilidade urbana.




pub