Mobilidade Eléctrica 2018 e-Golf e Golf GTE, duas versões com elevada tecnologia

e-Golf e Golf GTE, duas versões com elevada tecnologia

Modelos da Volkswagen são amigos do meio ambiente.
e-Golf e Golf GTE, duas versões com elevada tecnologia

As variantes e-Golf e Golf GTE simbolizam bem a aposta da Volkswagen na mobilidade eléctrica e ao mesmo tempo revelam uma das chaves do êxito do modelo com maior êxito na Europa. Equipados com elevada tecnologia que oferecem propulsão eléctrica e híbrida plug-in, dependendo do modelo em questão, verificou-se um aumento de potência, autonomia e eficiência. Outras das características do e-Golf e do Golf GTE são um design mais apelativo, faróis dianteiros e traseiros em LED – ambos de série –, um novo sistema de infotainment Discover Pro com funções como o controlo por gestos – de série no e-Golf e no Golf GTE –, o digital Active Info Display, que é opcional, e numerosos novos sistemas de assistência à condução.

 

Os modelos e-Golf e Golf GTE com os seus sistemas de propulsão eléctrico e híbrido plug-in, respectivamente, são sinónimos da máxima protecção do meio ambiente. O e-Golf circula sempre com zero por cento de emissões. É o veículo ideal para as deslocações diárias para o local de trabalho. A bateria de iões de lítio foi melhorada e a capacidade energética aumentada em relação ao modelo anterior. Está também mais ágil. O e-Golf acelera de 0-80 km/h em 6,9 segundos e de 0-100 km/h em 9,6 segundos. A velocidade máxima são 150 km/h. O consumo médio é de 12,7 kWh/100 km.

 

O Golf GTE circula temporariamente até uma distância de 50 km no Novo Ciclo de Circulação Europeu (NEDC). É a escolha ideal para os condutores que desejam percorrer grandes distâncias no menor tempo possível e, ao mesmo tempo, circular sem emissões em zonas urbanas na partida e na chegada ao destino. O Golf GTE consome entre 1,6 l – 1,8 l/100 km de gasolina (CO2: 36 – 40 g/km) e 11,4 – 12,0 kWh/100 km de electricidade (NEDC para veículos híbridos), estando integrado na categoria de eficiência A+.

 

Os dois modelos foram sujeitos a uma profunda remodelação técnica. Os pontos-chave da segunda geração tecnológica do e-Golf são o aumento da autonomia, hoje até 300 km no ciclo NEDC, quando anteriormente era de 190 km, e da potência (100 kW/136 Cv + 21 Cv).

 

A Volkswagen desenvolveu uma nova estratégia híbrida para o Golf GTE. Em combinação com o sistema de navegação, no modo "híbrido" são utilizados os dados do GPS e do tráfego para controlar de forma optimizada a intervenção dos motores eléctrico e de gasolina na rota programada, poupando assim energia.

 

Os Volkswagen e-Golf e Golf GTE comercializam-se em Portugal com preços a partir de 40.461 euros e de 44.691 euros, respectivamente.