Recursos Humanos e Coaching 2017 Oferta das universidades

Oferta das universidades

Boa oferta formativa
Oferta das universidades

As universidades conhecem os novos desafios dos recursos humanos e sabem da sua importância, proporcionando, por isso, uma boa oferta formativa. O ISCSP tem a única licenciatura em Gestão de Recursos Humanos da maior universidade pública de Portugal, diz o professor Miguel Pereira Lopes, acrescentando que, como tal, tem a responsabilidade de liderar o debate nestas matérias. Por isso, a licenciatura do ISCSP assenta em três pilares com igual importância. "O pilar das ciências sociais, que nos permite compreender as motivações e os comportamentos das pessoas e sem os quais não é possível gerir pessoas eficazmente. O pilar da economia e da gestão, que prepara os nossos alunos para actuarem em parceria com a gestão geral. E o pilar das áreas de gestão de recursos humanos em si próprias, que aprofunda então todo o conhecimento sobre as opções de gestão de pessoas que tornam os licenciados em GRH únicos no mercado." Existe também na oferta formativa do ISCSP o mestrado, o doutoramento e a pós-graduação na área.

 

O mestrado e doutoramento em Políticas de Desenvolvimento de Recursos Humanos estão mais direccionadas para a "investigação e o desenvolvimento de novo conhecimento e soluções tecnológicas, permitindo depois alguma especialização em áreas-chave dos RH, como a gestão de expatriados, o desenvolvimento das lideranças, ou o empreendedorismo corporativo". A pós-graduação em Gestão de Recursos Humanos, que tem tido uma "grande procura" desde o seu início em 2010, está mais virada para "profissionais que vêm de outras áreas e que querem entrar no mundo da GRH, ou então para profissionais que vêm da área mas pretendem adquirir novas ferramentas práticas de trabalho". "É muito prático, por isso, o corpo docente é também diferente e inclui profissionais de RH altamente reconhecidos no nosso mercado", destaca.

 

Quanto ao curso em Gestão de Recursos Humanos da Universidade Lusófona, este foi "pioneiro em Portugal" nas licenciaturas deste domínio, pelo que existe uma responsabilidade particular, explicam os docentes Mário Ceitil e Maria Isabel Duarte. "O currículo do nosso curso está desenhado numa perspectiva de gestão, e não dominantemente comportamental, procurando formar os alunos na perspectiva de que eles irão ser ‘business partners’ e não apenas técnicos de RH", contam. Assim, há disciplinas hard e soft, e cadeiras de introdução a áreas como economia, contabilidade e empreendedorismo. Esta licenciatura também se diferencia pela "realização de um estágio correspondente a uma cadeira semestral", para melhor preparar os alunos para a realidade do mundo do trabalho.




pub