Recursos Humanos e Coaching 2017 Portugal igual à União Europeia

Portugal igual à União Europeia

RH em Portugal não diferem muito do cenário da UE
Portugal igual à União Europeia

Sandra Soares, CEO da Brain Power – Sapphire, diz que de forma geral, os recursos humanos em Portugal não diferem muito do cenário na União Europeia e em todo o mundo urbano. "Os mesmos desafios técnicos, formativos, competitivos, são sentidos em Portugal - mas talvez a uma escala menos ampla", explica e prossegue: "É inegável que existem transformações e actualizações cuja implementação é imperativa para que o tecido empresarial nacional seja mais competitivo a nível internacional. Mas por outro lado é também inegável que Portugal, com os seus empresários e trabalhadores, possui uma experiência muito apropriada para enfrentar os desafios do futuro."

 

Segundo a responsável da Brain Power – Sapphire, há uma certa tradição de serviço ao cliente, de atenção ao cliente, de entreajuda e de sentido cívico que - quase paradoxalmente – oferece a Portugal "instrumentos valiosos para competir nos mercados globais".As empresas e as instituições portuguesas estão "a apostar na evolução e na capacitação das suas equipas de recursos humanos, cientes de que em muitos casos disso dependerá a sua sobrevivência", refere. As tendências que se registam a nível europeu, muito relacionadas com o aspecto formativo e a análise de contextos, "são seguidas em graus variados mais de uma forma que parece homogénea em Portugal".

 

Questionada sobre como podem os recursos humanos motivar os trabalhadores, responde que amelhor estratégia de motivação passa por "uma partilha de conhecimentos e pelo desenvolvimento de sistemas de apoio e gestão das carreiras".




pub