transportes e logística Correios avançam na onda de inovação

Correios avançam na onda de inovação

A História é isso mesmo, um acontecimento do passado. Mas nos CTT é a base que sustenta o eixo de evolução de um modelo de negócio que soube resistir aos tempos e à globalização dos mercados.
Correios avançam na onda de inovação
Os CTT têm vindo a reinventarem-se há 500 anos, independentemente do contexto e dos desafios específicos de cada época. João Pedro Gonçalves, director comercial da CTT Expresso, admite que os CTT souberam acolher no seu mercado um sem-número de "players" concorrentes encarando-os como estimulantes e mobilizadores. "O mercado beneficia com um enquadramento concorrencial saudável, uma vez que é estimulada a inovação, a qualidade de serviço e a eficiência."

Ao longo dos anos, os CTT demonstraram capacidade de reinvenção, no domínio da oferta através da disponibilização de soluções inovadoras em áreas que extravasam a actividade tradicional dos CTT, na vertente operacional através da promoção de maior automatização e exploração contínua de sinergias de todo o Grupo CTT com reflexos na implementação de novos processos de trabalho, na presença em outros mercados uma vez que os CTT estão hoje presentes na área de expresso e encomendas no mercado espanhol e no mercado moçambicano através das empresas Tourline e da Corre, na domínio digital através da integração na sua oferta de valências digitais e na adopção de novas ferramentas de suporte à actividade operacional e também no domínio da sustentabilidade através do investimento consistente em meios mais sustentáveis.
cotacao A nossa marca com todos os valores que lhe estão associados nomeadamente a credibilidade, a confiança, a proximidade e a empatia com a população portuguesa associada à nossa rede logística constituem um trunfo inigualável e único no mercado português.  João Pedro Gonçalves director comercial da CTT Expresso
"A nossa marca com todos os valores que lhe estão associados nomeadamente a credibilidade, a confiança, a proximidade e a empatia com a população portuguesa associada à nossa rede logística constituem um trunfo inigualável e único no mercado português", refere o director comercial da CTT Expresso.

De acordo com a informação divulgada ao público no âmbito do Relatório e Contas relativo ao 1.º semestre de 2016, a área de expresso e encomendas contribuiu com 17% do total dos rendimentos operacionais dos CTT. Uma área em que pretendem continuar a posicionar-se. Para João Pedro Gonçalves, o ADN dos CTT tem implícito a sua vocação logística e, neste domínio, a área de expresso e encomendas constitui um eixo fundamental de actuação. "Continuaremos a investir nesta área sempre com a premissa de reforço da posição de liderança deste mercado. Estamos muito empenhados na consolidação do nosso posicionamento não só em Portugal, mas também na Península Ibérica", avança o responsável.

A competitividade continua a ser um objectivo e o director comercial da CTT Expresso pretende mantê-la através da capacidade de inovação na resposta às exigências de um mercado cada vez mais sofisticado. Como exemplo deste investimento, o responsável destaca o lançamento, nas próximas semanas, de uma nova oferta que integra soluções dinâmicas e interactivas focadas nas necessidades do "e-commerce" que garantem a flexibilidade, a conveniência e a previsibilidade de todo o circuito operacional. "Pretendemos aumentar a eficiência da entrega e proporcionar uma excelente experiência aos nossos clientes, não só expedidores como também destinatários. Durante o percurso da encomenda poderão ser efectuadas alterações personalizadas desde as janelas de entrega, datas, moradas, número de tentativas de entrega entre outras possibilidades. Serão disponibilizadas ferramentas de interactividade e de informação.





pub