Contadores, bicicletas eléctricas e casas que se mexem

Diferentes soluções para as cidades inteligentes juntaram diferentes empresas na mesa-redonda "Smart cities: inovação e diferencianção". Entre elas uma empresa nacional que está a pôr os americanos a pedalar.
Contadores, bicicletas eléctricas e casas que se mexem
O debate juntou representantes da EDP Distribuição, Casas em Movimento, Órbita e Citibrain.
Inês Lourenço
André Cabrita-Mendes 12 de abril de 2017 às 11:11
O que é que têm em comum uma distribuidora de electricidade, um fabricante de bicicletas, uma casa que segue a rotação solar e uma empresa que põe os americanos a andar de bicicleta? Todas estas empresas e projectos criam soluções inovadoras para melhorar a vida dos habitantes de cidades em todo o mundo.

Como no caso da Bikeemotion, uma empresa portuguesa que está a colocar os norte-americanos em cima de bicicletas a pedalar com a ajuda de um motor eléctrico. "A nossa actividade comercial começou há cerca de ano e meio. O nosso primeiro sistema de bicicletas partilhadas, muito pequenino, foi vendido em Wolfsburgo. Mas esta foi uma boa bandeira para vendermos o nosso sistema para Birmigham, no Alabama, com 400 bicicletas, que era então o maior sistema de partilha de bicicletas da América do Norte", contou Rui Costa, responsável da empresa.

"Assim, 95% das nossas bicicletas estão nos Estados Unidos. Depois do Alabama, instalámos um sistema em Baltimore e, mais recentemente, ganhámos o concurso público de Seattle, para 1.200 bicicletas integralmente eléctricas", afirmou Rui Costa.

Já a fabricante de bicicletas Órbita tem entre mãos o maior projecto para criar e gerir a rede de bicicletas partilhadas na cidade de Lisboa. O presidente da Órbita, Paulo Rodrigues, conta que a empresa conjugou o saber fazer bicicletas há 45 anos com a tecnologia para transformar as bicicletas num veículo (mais) inteligente, recorrendo a GPS, inclinómetros, sensores de impacto. "Temos uma oferta ao nível do melhor que se faz no mundo, e com capacidade de concorrer para qualquer tipo de desafio", assegurou Paulo Rodrigues. Lá fora, a Órbita já forneceu bicicletas para Paris, Lyon Viena ou Bilbao.

A EDP Distribuição espera atingir cerca de 1,3 milhões de casas equipadas com contador inteligente em Portugal. "Estamos a instalar cerca de 10 mil contadores inteligentes por semana, estamos num ritmo muito acelerado", disse o líder da EDP Distribuição, João Torres.

Casas frias no Inverno e quentes no Verão, eis um problema com que muitos portugueses se deparam, obrigando-os a gastar mais energia para aquecer e arrefecer a casa. A poupança na factura energética é precisamente uma das mais valias do conceito Casas em Movimento, criado por Manuel Vieira Lopes. Esta empresa constrói casas rotativas que seguem o movimento do sol, aproveitando esta fonte para poupar e gerar energia.

(Notícia alterada no dia 13 de Abril com indicação que o sistema de bicicletas partilhadas é desenvolvido pela Bikeemotion)

raio-x

Que projectos estão as empresas a desenvolver?

Quatro empresas portuguesas que estão a desenvolver projectos na eficiência energética e mobilidade .

Por americanos a pedalar
A Bikeemotion tem desenvolvido redes de bicicletas partilhadas, todas eléctricas, para várias cidades norte-americanas, como Seattle, Birmigham (no Alabama) e Baltimore. Na Europa estão em Wolfsburgo.

Juntar tradição à inovação
Para muitos portugueses a sua primeira bicicleta foi uma Órbita, empresa com 45 anos de existência e que está agora a criar bicicletas inteligentes para que mais pessoas pedalem em Lisboa, Paris, Lyon ou Viena, juntando tradição à inovação. A Órbita venceu o concurso de 23 milhões de euros para criar e gerir a rede de bicicletas partilhadas de Lisboa, que vai contar com mais de 1.400 bicicletas. Paulo Rodrigues avançou que a rede deverá estar operacional "dentro de breves meses".

Uma casa que segue o sol
Manuel Vieira Lopes criou uma casa rotativa que segue o movimento do sol ao longo do dia. A Casas em Movimento é uma empresa que constrói estas casas que além de pouparem energia também produzem energia, usando painéis solares.

Lisboa a pedalar contadores inteligentes
A EDP Distribuição continua a progredir no seu projecto de instalação de contadores inteligentes, esperando atingir quase 1,3 milhões de consumidores este ano. A companhia está a instalar 10 mil contadores por semana.






A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anderson Ferro Há 5 dias

Boa tarde, tudo bem? Estou a procura de sites parceiros. Você aceita anunciar em seu site? Caso sim, me passe os valores. Iremos anunciar nossos sites de criação de site, blog, aplicativo, loja virtual e site de classificados, nossos sites são: http://www.OficinaDinheiro.com.br e http://blog.anderso