Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE

José Miguel Júdice é o 45.º Mais Poderoso de 2017

Recusa a colagem que lhe é feita ao poder. Diz até que isso lhe dá vontade de rir. A multidisciplinariedade que caracteriza a sua intervenção no espaço público faz, contudo, que continue a destacar-se na sociedade portuguesa, onde é percepcionado como um dos rostos do poder. Reforçou a sua actividade na arbitragem comercial nacional e internacional, onde são dirimidos conflitos que habitualmente envolvem elevados montantes financeiros; e mais recentemente reforçou o seu poder mediático com um espaço de opinião televisivo.
A carregar o vídeo ...

)

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais



A sua opinião3
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo 17.08.2017

Olha que não, olha que não...o Francisco consegue ser mais forte.

SALAZAR 02.08.2017

MAIS UM VIGARISTA QUE TEM ESTADO EM QUASE TODAS AS NEGOCIATAS QUE LEVARAM O PAÍS AO ESTADO LASTIMÁVEL EM QUE SE ENCONTRA. NUM PAÍS SÉRIO, TAMBÉM ESTAVA A SER JULGADO. ELE E TODOS OS "GRANDES" ADVOGADOS PORTUGUESES. QUE DE GRANDE NÃO TÊM NADA.

fcj 26.07.2017

Ser direitola também é forte critério...

pub
Saber mais e Alertas
pub
pub