Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE

Uma partilha que dá vida à herança do cante

Nasceu em Serpa, cresceu e fez-se adulto com o cante alentejano. Em Paris, viu-o ser consagrado Património Imaterial da Humanidade. Hoje, Francisco Torrão partilha a sua herança com os mais jovens.
Uma partilha que dá vida à herança do cante
Sara Matos
João Maltez 31 de janeiro de 2017 às 00:01

São 69 anos de vida e outros quase tantos de cante, aqueles que Francisco Torrão, filho de Serpa, como os seus pais, transporta consigo. Esteve em Paris no dia em que a sua arte se tornou Património Imaterial da Humanidade. Tem

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais

A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar