Os desafios da gestão em tempos de incerteza

Maria Luís Albuquerque, ex-ministra das Finanças, será a "key note speaker" da conferência "Desafios da Gestão em Tempos de Incerteza", realizada no âmbito dos Prémios Máxima Mulher de Negócios, cujas vencedoras serão conhecidas esta quarta-feira, 17 de Fevereiro.
Os desafios da gestão em tempos de incerteza
Miguel Baltazar
Negócios 17 de fevereiro de 2016 às 10:10
O júri Quem decide as vencedoras O júri da iniciativa Prémios Máxima Mulher de Negócios, que atribuirá os prémios relativos a 2015, é composto por Fernanda Soares (directora da Máxima), Helena Garrido (directora do Negócios), Camilo Lourenço (jornalista e colunista do Negócios), Esmeralda Dourado (presidente do Conselho de Estratégia da Parta) Dalila Pinto de Almeida (presidente da DPA Consulting) e Luís Magalhães ("managing partner" da Deloitte em Portugal). 

Maria Luís Albuquerque, economista, professora universitária e ex-ministra das Finanças, será a "key note speaker" da conferência "Desafios da Gestão em Tempos de Incerteza", integrada na iniciativa Prémios Máxima Mulher de Negócios.

As vencedoras dos dois prémios (Mulher de Negócios do Ano e Executiva do Ano) serão conhecidas esta quarta-feira , no âmbito da conferência que se realiza no Hotel Palácio do Governador, em Lisboa, a partir das 17:30.

A decisão final foi tomada na reunião do júri que decorreu na sede da Cofina Media, em Lisboa, onde estão as redacções do Negócios e da Máxima. Além das directoras das duas publicações estiveram presentes todos os outros membros do júri, designadamente Dalila Pinto de Almeida, Esmeralda Dourado, Camilo Lourenço e Luís Magalhães.

Além destas duas distinções, no evento Prémios Máxima Mulher de Negócios será atribuído, este ano, um Prémio Carreira e distinguirá ainda quatro mulheres que se destacaram nas áreas de Ciência, Inovação, Cultura e Cidadania.

Após a intervenção inicial de Maria Luís Albuquerque, terá lugar uma mesa-redonda destinada a reflectir sobre o tema central da conferência "Desafios da Gestão em Tempos de Incerteza", a qual contará com as presenças de Luísa Marques, presidente executiva da Cifial, Maria João Carioca, administradora executiva da Caixa Geral de Depósitos, Ana Paula Marques, administradora da Nos, e Miguel Pina e Cunha, professor da Escola de Gestão e Economia da Universidade Nova de Lisboa.

O prémio Máxima Mulheres de Negócios, que vai na sua 16.ª edição, conta este ano com o apoio da Imedeen, Hugo Boss, Deloitte e Universidade Católica.

No primeiro ano da sua existência, em 1992, este prémio distinguiu Maria Cândida Morais, então presidente do conselho de administração da BA - Fábrica de Vidros Barbosa & Almeida. Na edição de 2014, o prémio principal foi atribuído a Magda Lourenço, fundadora da Nails4'US.

O objectivo destas distinções é contribuir para premiar a iniciativa empresarial e a gestão protagonizada por mulheres.

Os dois prémios  O prémio Máxima Mulher de Negócios tem duas categorias, a de Mulher de Negócios do Ano e a Executiva do Ano. A primeira distingue, empresárias, presidentes e administradoras de empresas, mulheres que atingiram o topo das suas carreiras e que estão na primeira linha da liderança das empresas. A segunda premeia directoras e executivas de primeira linha, bem como empreendedoras que estão a caminho do topo, constituindo a próxima geração de líderes. 



pub