AHRESP: "Temos custos de contexto incomportáveis"

A Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal critica o que considera ser "a excessiva constância da inconstância legislativa" em Portugal. José Manuel Esteves, presidente da associação, já entregou o seu caderno de encargos aos partidos para a nova legislatura. Veja o vídeo.
A carregar o vídeo ...
Negócios 28 de julho de 2015 às 09:38



A sua opinião2
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
comentar
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentários mais recentes
Anónimo 28.07.2015

Falta profissionalismo no serviço na maior parte dos casos...o resto é falta de hábito a boas regras contabilistas e de gestão...

Francisco António 28.07.2015

O que noto em muitos estabelecimentos de restauração e cafetarias é a impreparação de empregados e patrões para gerirem o negócio. Há cafés e restaurantes em excesso e já não falta muito para que o mesmo aconteça nos hotéis ! Chamem-lhe "custos de contexto" e deitem-se à sombra da bananeira...

pub