01:12
Putin garante a Merkel continuação de fornecimento de gás à Europa
O presidente da Rússia, Vladimir Putin, assegurou terça-feira à chanceler alemã, Angela Merkel, que os fornecimentos de gás russo à Europa não serão interrompidos devido à crise na Ucrânia.
01:09
As autoridades do Canadá boicotaram as reuniões, na Rússia, do Conselho do Ártico, em protesto contra a "ocupação ilegal" das forças russas na Ucrânia, afirmou a ministra Leona Aglukkaq.
00:22
Preço do camarão dispara para máximos de 14 anos
Stephanie Ruhle, da Bloomberg, comenta os principais assuntos que marcaram a actualidade no dia 15 de Abril, nomeadamente a forte subida dos preços do camarão.
00:01
Governo desmente Bruxelas no Banco de Fomento
As acusações da Comissão de falta de informação sobre a nova instituição financeira mantêm-se. O Ministério da Economia contraria a tese.
00:01
Banqueiros infractores vão pagar coimas até 10 milhões
Proposta de alteração da lei bancária mais que duplica valor máximo das sanções pecuniárias para gestores.
00:01
Jardim e Rendeiro teriam coimas mais pesadas com novo regime
Jorge Jardim Gonçalves e João Rendeiro teriam sido condenados a pagar coimas de dez milhões de euros pelas infracções que levaram o Banco de Portugal (BdP) a condená-los, caso já estivesse em vigor o novo regime sancionatório que vai ser aprovado em breve pelo Governo para depois ser submetido ao Parlamento.
00:01
Prémio de risco de Portugal pode cair para metade
Crédit Agricole ainda vê margem para convergência nos juros na Zona Euro.
00:01
Miguel Ferreira: "Não faz sentido que os ‘ratings’ das empresas sejam penalizados pelos dos países"
Descida automática da notação das cotadas tem "efeitos bastante perversos". As "melhores empresas acabam por ser mais afectadas do que empresas de menor qualidade", diz Miguel Ferreira, Professor de Finanças da Nova SBE, em entrevista ao Negócios.
00:01
Portugueses dizem adeus à troika com factura de gás 19% mais cara
Regulador propõe para Julho uma actualização de 2,4% das tarifas. É o menos acentuado dos aumentos aplicados pela ERSE desde Julho de 2010, mas tornará as facturas de gás natural 19% mais altas do que eram em Julho de 2011, no início da intervenção da troika em Portugal.
00:01
Incerteza sobre rendimentos vai manter elevada a poupança
Com a crise, os portugueses compreenderam a necessidade de não viver de salário em salário. Poupar tornou-se uma "obrigação" para muitas famílias. Grande parte delas implementou essa regra no seu dia-a-dia, beneficiando da redução dos encargos com o crédito à habitação (que tem um grande peso nas despesas totais). Com os sinais positivos na economia, a confiança voltou. Com ela o consumo, ou seja, mais gastos. A poupança encolheu.
00:01
Menos poupança, mais BMW. O modelo antigo voltou?
A economia voltou a crescer, empurrada pelo regresso do consumo a terreno positivo, mas com um crescimento das importações. Mas talvez seja cedo para fazer soar os alarmes.
00:01
Portugueses voltam a consumir com a ajuda do crédito
Ao mesmo tempo que os depósitos começaram a encolher, o recurso ao financiamento acelerou. Com destaque para o crédito automóvel, que disparou 19%.
00:01
Modelo de crescimento da economia: O que dizia o memorando e o que aconteceu
Em Maio de 2011, a troika fazia um diagnóstico negro dos desequilíbrios da economia portuguesa, logo no arranque do Memorando de Entendimento: "Os indicadores de competitividade sofreram, o crescimento económico tem sido anémico e o défice da balança corrente [défice externo] está em 10% do PIB."
00:01
Galp espera recuo do Governo na taxa sobre o sector energético
Ministra das Finanças admitiu que a contribuição extraordinária de 150 milhões é para continuar em 2015, o que o presidente da Galp, Manuel Ferreira de Oliveira, espera que não se confirme.
pub