António José Teixeira Cacarejares e outras falas 14.09.2018 António José Teixeira
Nas palavras pulsam várias vidas, escreve Manuel Alegre. E muitas povoam o nosso ouvido sem deixar memória. Muito presente que não chega a passado. 10 anos após a queda do Lehman Brothers, pouco ou nada se aprendeu. Continuamos a insuflar bolhas…
Folha de assentos Zumbidos de campanha 07.09.2018 António José Teixeira
O regresso à política já não é o que era, diz Marcelo Rebelo de Sousa, Presidente e sempre comentador. Marcelo diz que é cada vez mais difícil ser Presidente, ser Governo e fazer oposição. Tempos difíceis para muitos. E tempos de campanha exigente em Portugal e na Europa.
António José Teixeira Folha de assentos 10.08.2018 António José Teixeira
Os elementos andam em convulsão. O fogo devora quilómetros em poucas horas. Indomável, prova que é ainda limitado o nosso domínio da natureza. Parecemos condenados a este padecimento e impotência, apesar dos aviões e dos milhares de combatentes.
António José Teixeira Folha de assentos 03.08.2018 António José Teixeira
Tempo quente, muitos alertas para outra tanta prevenção. As tragédias do ano passado ainda atormentam a memória. Replicaram-se na Grécia e espreitam novas oportunidades. O clima anda toldado. Também na política interna. Que o diga o Bloco de Esquerda, a braços com uma crise de imobiliário. E de credibilidade.
António José Teixeira Folha de assentos 06.07.2018 António José Teixeira
Há cansaço e repetição. O tempo vai lento. Há muito que as estações do ano se confundem. O anticiclone dos Açores anda perdido. A política arrasta-se à espera do Orçamento. Terá a geringonça futuro?
António José Teixeira Folha de assentos 29.06.2018 António José Teixeira
Esta semana, Marcelo deu uma lição de História a Trump, levou-lhe cumprimentos de Putin e lembrou ao americano que temos o melhor jogador do mundo. Nem tudo é futebol. Longe dos holofotes, xenófobos de várias latitudes ganham terreno à civilização.
António José Teixeira Folha de assentos 22.06.2018 António José Teixeira
Nas suas memórias, o vienense Stefan Zweig queixava-se do gigantesco retrocesso sofrido no mundo desde a I Guerra Mundial. O homem que viveu as duas Guerras identificou o nacionalismo e a xenofobia como as pragas maiores. Estão de volta no mais execrável esplendor. Basta olhar para a Itália, a Hungria, a Turquia, a Rússia ou até os EUA. Não é exagero falar de fascismos emergentes.
António José Teixeira Folha de assentos 08.06.2018 António José Teixeira
Os professores atormentam o Governo. Ou vice-versa. O protesto repete-se de governo para governo e de Orçamento para Orçamento do Estado. Há agitação a mais nas escolas e consideração a menos dos professores. É preciso devolver estabilidade à escola.
António José Teixeira Folha de assentos 01.06.2018 António José Teixeira
Enquanto os socialistas portugueses celebravam os seus sucessos em congresso, chegavam da Europa sinais desagregadores. A União corta fundos de coesão e a Itália e a Espanha mergulham em crises que podem arrastar-se. Por cá, receiam-se contágios. A morte assistida teve chumbo parlamentar. Fica o combate por mais e melhores cuidados paliativos.
António José Teixeira Folha de assentos 25.05.2018 António José Teixeira
Atravessámos a semana celebrando a vida e a lucidez de Eduardo Lourenço. «Só temos passado à nossa disposição. É com ele que imaginamos o futuro» - dizia por alturas da Expo'98. Uma inspiração que abriu, mais uma vez, Portugal ao mundo. Celebração e memória num tempo pintado com a ironia de Júlio Pomar.